Mulher namoro bebê

A mulher, de 37 anos, sempre se abriu em relação à sua pansexualidade (atração por pessoas no geral) com o marido, desde que se conheceram aos 20 anos. No entanto, acabou por nunca ter a oportunidade de explorar os seus desejos por estar ocupada a criar os filhos. Para a astróloga Angela Dinau, todo bebê deveria vir acompanhado de um mapa numerológico completo, a fim de orientar os pais na educação do bebê. 'Com o mapa é possível se antecipar a características do bebê e adequar a educação da maneira mais positiva diante daquelas situações em potencial', explica. Uma mulher admitiu ter matado a amiga para roubar o bebê, que ainda estava na barriga da gestante. Rozalba Grimm se aproximou de Flávia Godino pela internet, a atraiu para uma emboscada e assassinou. O crime vinha sendo planejado há alguns meses. O crime foi revelado pelo Fantástico, da TV Globo ... Cantora gospel roubou bebê após fingir gravidez para reatar namoro Bebê estava em um carrinho quando foi levado A mulher suspeita de ter roubado um bebê de três meses da casa de uma família da cidade d... Bebê estava em um carrinho quando foi levado. Uma mulher foi presa após ameaçar matar a namorada e um bebê neste sábado (22) em Rondonópolis ( a 218 km de Cuiabá). Segundo o boletim de ocorrência, elas haviam saído para comemorar dois anos de namoro. No entanto, após retornarem, a mulher começou a vasculhar o celular da vítima. Em seguida, ela jogou o aparelho no chão e passou a agredir a namorada com socos e chutes. Mulher grava vídeo sufocando filha bebê para tentar reatar namoro Revoltado, o pai da criança compartilhou o vídeo e prints de uma conversa que teve com a ex-mulher Redação iBahia ( redacao ... Exemplo: Uma mulher que sonhou com um vestido de seda branco em pé ao lado de homem perigoso com uma arma que não queria que mais ninguém se aproximar dela. Na vida real ela tentando muito agradável e doce com um homem ela era fisicamente atraído e namoro. O homem era ruim e controlar em relação a ela. Eu denunciei a mulher à polícia', disse uma testemunha ao Mirror. Os oficiais abordaram a mulher e o flagra foi filmado por uma pessoa que estava na rua. 'Deixem ele [o bebê] em paz. Bebê a caminho! Cris Rozeira e a mulher, Ana Paula Garcia, serão mamães. Veja mais detalhes em matéria nesta sexta-feira, dia 25 de setembro de 2020 Amor e Sedução: Saiba tudo sobre os homens, a infidelidade, o namoro, o noivado e o casamento, a sexualidade e até a separação e o divórcio.

O desabafo de um autista.

2020.09.05 23:06 LeprechaunBR O desabafo de um autista.

Olá, turma e, talvez, Luba & Cia. Ltda. Bună ziuă, ce faci? Bom antes de começar de fato, existe uma coisa sobre mim que deve ser considerada. Tenho meus 26 anos e sou autista, tenho dificuldade em expor minhas ideias então, talvez esse texto fique sem sentido ou longo de mais, mas vou me esforçar pra me comunicar bem. (caso queiram cortar e editar, eu aceito a ajuda!) Sou filho de uma mãe solteira, que sempre lutou muito para vencer na vida. Meu "pai" teve problemas com drogas e minha mãe fugiu dele logo que eu nasci. Essa fuga nos fez sempre viver em dificuldade financeira, por sermos sempre nós dois. Ela se abrigou por alguns meses na casa do irmão mais velho dela, junto comigo ainda bebê. Meu tio é um homem muito rico, possui terras e posses, ajudou minha mãe a conseguir um trabalho. Esse período fez minha mãe idolatrar muito o meu tio. Minha infância foi regida em ficar fora do caminho da minha mãe que conseguiu trabalhar como enfermeira em dois turnos num hospital, e tentar me concentrar na escola. Era difícil, os sons e os movimentos das crianças me incomodavam muito e meu desempenho (copiando e fazendo tarefas no caderno) era terrível, embora eu fosse reconhecido como um aluno muito inteligente. Meu tio e sua família, bem como o restante da minha família sempre fez questão de mostrar que eu não era homem o bastante e nem merecia o respeito deles. Com piadas, pegadinha e comentários maldosos que eu só fui compreender quando comecei a fazer terapia. Aos 19 anos, morando sozinho eu tive a oportunidade de fazer psicoterapia, onde com uma equipe muito carinhosa e dedicada à mim, eu fui diagnosticado com a síndrome de Asperger, um dos espectros autistas. Esse diagnóstico foi chocante, mas fez com que muitas peças se encaixassem e eu entendesse o porque de eu ser tão estranho. Bom, minha família é extremamente machista, racista e capacitista. Quando comentei do diagnóstico minha mãe disse que não acreditava que eu tinha ido num médico de doido e colocou esse diagnóstico como culpa pra tudo que dava errado comigo, empregos, namoros, etc. Eu tinha que conter minhas crises em casa, não podia demonstrar o que estava sentindo. Certa feita ela descartou meus remédios porque "eu ficava estranho" quando os tomava. O ápice desse desabafo acontece agora. Eu iria fazer uma prova importante na casa desse tio, que não gostava de mim. Naquele dia eu, que sempre busquei a aprovação dele, comentei que estava buscando um intercâmbio gratuito na Espanha. Nesse momento ele me sentou numa cadeira e por mais de uma hora me ofendeu, me comparando ao meu "pai" me chamando de coisas muito pesadas, afirmando que eu só queria que minha mãe morresse pra eu pegar o dinheiro dela. (talvez porque eu pedi ajuda para pagar um mês de aluguel quando me mudei porque não iria receber naquele mês) e o pior foi que minha mãe agradeceu a ele por ter falado. Eu tive uma crise sensorial muito intensa, eu não sei como descrever essas crises, mas é como se sua pele não coubesse no seu corpo, tudo parece coçar muito e por mais que você puxe o ar ele não vem. Me mandaram parar de frescura. Tive que fazer a prova com esse espírito. (infelizmente reprovei) Minha terapeuta me ajudou a entender que eu não preciso ficar próximo deles, que eu devo buscar pessoas que me fazem bem. Hoje a pesar de ainda ser a vergonha da família, eu vivo até bem. Sou formado em fisioterapia e me especializei em neuropediatria e agora busco uma especialização em terapia intensiva, namoro uma mulher incrível e consigo conviver com o autismo. O recado que deixo, caso esse desabafo seja lido, é que você é mais! Você é mais que uma família complicada, você é mais que um diagnóstico, existe um mundo inteiro dentro de você!
submitted by LeprechaunBR to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.09 00:35 Mikaiah_Ocean A treta no casamento

Olá olá lubinha, falecidos papelões, editores, possível convidado e turma que está a ver. Baixei o app só pra te contar o mico que eu passei na frente de familiares, juntamente com lavação de roupa no meio do casamento dos meus tios e outras coisinhas.
Pois bem, esta história começou quatro meses antes do casamento dos meus tios de consideração por parte de pai. Na rua onde meu pai mora, o pessoal é bem amigo sabe, daquele tipo que se um faz um churrasco no quintal, vem todos os vizinhos da rua inteira participar, mesmo sem terem sido convidados.
E então tinha esta casal que estavam juntos desde 2010, eles eram muito fofos, a gente até chamava eles de casal do ano ou casal exemplo por que eles cuidavam um do outro e tudo mais. Os dois também sempre foram muito amigos do meu pai, tanto que até acomparanhram meu crescimento e se tornaram meus tios de consideração, eram parte da minha família e praticamente meus melhores amigos.
Tava tudo indo muito bem, eles sempre diziam sobre se casar um dia e que queriam que eu fosse a daminha, e eu me sentia A importante é claro kkk. Porém, em 2018 surgiu um boato de que o Farls estava traindo a Carls com a amiga da própria Carls, os boatos eram que eles tinham um lance antes do casal perfeito começar a namorar, mas depois ele e essa "amiga" tiveram uma briga feia por causa de ciúmes e, como uma forma de vingança, o Farls pediu a Carls em namoro pra irritar a "amiga", que acabou se afastando dele e ele se apaixonou pela Carls e por isso continuaram juntos, mas agora, a "Amiga" Havia voltado querendo reatar os laços. Mas não passavam de boatos é claro, considerando que estavam juntos a muito tempo e dava pra ver claramente que se respeitavam e se amavam de verdade. As fofocas aumentaram e de boca em boca eles sempre colocavam algo a mais. Na terceira vez que eu ouvi a história já estavam dizendo que a mulher misteriosa estava grávida, e depois disseram que viram os dois na porta do hospital e que ela estava com uma barriga enorme, que provavelmente foram ver o sexo do bebê. Enfim, depois de um tempo eu parei de ouvir por que parecia mais fake que tudo.
Até que um dia, no aniversário da minha priminha. A Carls e o Farls chegaram, e logo atrás vinha uma mulher que a gente não conhecia. Ela não estava grávida nem nada, mas a Carls apresentou ela como sua melhor amiga. Durante o aniversário, as vizinhas ficavam cochichando nos cantos sobre a cena toda e os boatos voltaram. Até que alguém acabou falando alto de mais e a Carls ouviu tudo, ela ficou muito puta e disse que ela e Farls eram unidos e que ele nunca faria isso. Obviamente uma discussão começou por que a vizinha ficou ofendida com o tom de voz da Carls. Porém durante toda a briga, o Farls e a melhor amiga não se pronunciaram nem pra defender a Carls na discussão.
Depois disso, o pessoal continuou falando, e as vezes falavam alto de propósito pra Carls escutar. Ficou um clima bem chato entre eles e eu estava achando aquilo tudo uma grande babaquice por que, se você tem tanta certeza que fulano esta traindo fulana você não vai ficar espalhando para Deus e o mundo, mas sim ir direto na pessoa e dizer isso a ela, ou não dizer nada. As coisas ficaram ridículas, tão ridículas, que durante a festa de ano novo na nossa rua, o Farls pediu a Carls em casamento. Foi tudo muito lindo principalmente por que ele disse: "nós já conseguimos consquistar tantos sonhos, já está na hora de consquistar o melhor de todos os nossos sonhos não acha? " Fofo sim, mas foi dessa frase que uma tia minha, disse no meio de todos os aplausos e gritos para os noivos, mas que ainda sim deu pra ouvir: "olha só ele finalmente escolheu um lado" Insinuando que ele fez isso apenas para acabar com os boatos.
4 meses se passaram e o casamento chegou, eu ia ser a daminha, levaria as alianças para os noivos logo atrás da minha priminha que jogaria as rosas. Quando chegamos lá pra arrumar as coisas, eu vi a "melhor amiga" Chegando com uma criança, a criança parecia ter a minha idade e altura, e uma cara de nojo como se não quisesse estar ali. Todo mundo achou estranho ela ter sido convidada, mas depois de um tempo pararam de falar sobre isso. Quando chegou a hora de levar as alianças, eu estava me sentindo muito kk, tudo estava lindo e meu pai estava chorando mais que os noivos. Minha priminha estava jogando as rosas na minha frente e eu estava carregando uma almofada pequena com os anéis, até que, no meio do caminho, a garota com cara de nojo botou o pé na minha frente e eu tropecei, as alianças voaram pra longe no meio da grama e eu cai de boca na cabeça da minha priminha, derrubei ela e a cesta no chão com todas as pétalas, e pra piorar ainda mais, senti que meu vestido subiu um pouco e provávelmente eu mostrei mais do que deveria, se é que me entende. Em quanto eu me levantava da cabeçada que dei na criança, eu ouvia uma gritaria atrás de mim, quando me ajeitei eu lembro de ouvir:
"RIDÍCULA!!! Sua filha botou o pé na frente dela! " E depois eu ouvi: "É lógico que não! Ela nem se mecheu! " Mas tudo piorou quando alguém soltou: "Você nem deveria ter vindo, deve ter pedido pra ela fazer de propósito pra estragar o casamento do cafajeste ali! "
Começou uma lavação de roupa entre as tias, vizinhas e a mulher que supostamente era a amante do noivo. Aquele foi o momento que todas se uniram pra dizer o boato, com a intenção de fazer ela ir embora, mas esquecendo que a família da noiva E A NOIVA estavam logo ao lado. Eu lembro de no meio da guerra, me arrastar no chão junto com a minha prima procurando as alianças, eu achei uma e a minha prima a outra. Nós nos levantamos e fomos perto das madrinhas e foi quando eu pude ver o caos de perto. Naquele ponto, a família da noiva não sabia dos boatos e entrou no meio da briga acreditando neles para defender a noiva. E o noivo? Bem, ele ficou parado vendo tudo. Eu vi a Carls correndo pra fora do altar chorando muito, e o Farls, até pensou e ir atrás dela, mas daí eu só lembro de ver todo mundo indo pra cima de duas mulheres que depois eu descobri que eram a suposta amante e a mãe da noiva. As duas estavam pegando no cabelo uma da outra e quase se jogaram no chão tipo MMA.
No fim, o casamento foi cancelado e os noivos deram um tempo um do outro, a Carls se mudou por causa do trabalho dela e o Farls ainda mora na casa que era deles. A melhora amiga nunca mais apareceu e tudo o que minha família lembra de tudo isso até hoje é da minha saia subindo e da dentada que eu dei na coitada da minha prima que caiu quase desmaiada no chão.
Perdão pelo textão lubinha, tentei resumir o máximo que pode kk, espero que tenha gostado. Bjs pra tu e pra tia Carminha <3
submitted by Mikaiah_Ocean to TurmaFeira [link] [comments]


2020.05.27 16:05 usernamenaoseihaja1 O WEB NAMORO PARTE 2

Então passou dois messes +/- e ela começou a mudar muito Sempre que eu mandava mensagem ela demorava muito pra responder e quando respondia ela não demonstrava interesse e então com o tempo isso foi me machucando Eu comecei a me sentir muito mal com aquilo e foi aí que eu decidi tomar uma decisão terminar com ela,ms eu não sabia com fazer isso até porq eu amava muito ela(Eu acordava ela com poemas e versos todos os dias)Eu gostava muito de escrever poemas ela era a minha grande inspiração não tinha um dia que eu não escrevia um poema pra ela ms enfim.
Mesmo amando muito ela eu tive que tomar uma decisão eu terminei com ela e passei 2 dias chorando muito quando eu terminei com ela foi como se eu tivesse tirando um grande pesso das minhas costas e com o tempo as coisas começaram a ficar piores
Eu comecei a matar aula,eu parei de comer,tinha dias que eu simplesmente passava a noite inteira acordada sem fazer nada essa foi a "pior" fase da minha vida
Nessa época eu era muito magra e como eu não estava comendo nada as vezes eu passava mal na rua,eu sempre tive problema respiratório ms antes eu n sabia oque era então eu sempre parava no hospital(A mina mexeu muito com o meu psicólogo)
Voltando ao assunto Passou um tempo e eu não conseguia parar de pensar nela ai eu decidi mandar mensagem pra ela pedindo pra reatar o namoro e ela aceitou eu fiquei feliz (pensei que ia ser como antes)isso tudo aconteceu 1 mês antes do meu aniversário.
No dia do meu aniversário Eu acordei e ela terminou comigo e isso estragou o meu dia(Eu nunca ms comemorei meu aniversário)nesse dia eu realmente me afundei na depressão,com o tempo eu comecei a me cortar,comecei a ter alucinações eu via bixos,pessoas mortas etc(só quem já passou por isso sabe como é)
Ms enfim passou um tempo e chegou o dia que eu cansei de tudo No dia 24 de agosto de 2018 eu tive um desentendimento com a minha irmã e eu peguei uma das giletes que eu tinha no bolso e fiz dois cortes no meu braço(um dos cortes pegou na cartilagem)começou a voar sangue para todo os lados e eu entrei em desespero
Peguei 2 bandanas que tinha na minha mochila e comecei a enrolar mos braços e sai do condomínio rápido pra ninguém ver aquilo passei a portaria voando kkkk
Na hora que eu ia sentar na calçada uma mulher tava saindo com o carro da garagem e ela viu o meu braço sangrando e ela começou a chorar ela chamou a família dela pra me ajudar sentou do meu lado e super me motivou sabe?
Ela foi um amor de pessoa,ela orou pela minha vida e me pediu pra orar com ela e eu meio que só fechei os olhos e deixei ela orar,aí ela ligou pra ambulância
Eles não quiseram vir,na segunda tentativa foi completamente diferente Ela pediu a ambulância e me botou pra falar com a médica A médica me perguntou minha idade e onde eu morava etc.
A ambulância chegou e eu entrei me amaram na maca,me colocaram um bagulho no meu dedo que eu não sei oque era,não deu 2 minutos e já tinha um monte de pessoas em volta da ambulância querendo saber oque tinha acontecido.
(A para médica que tava na ambulância era muito linda,ela tinha um sorriso mt lindo me apaixonei por ela kkkkkk zoas)
Chegando no hospital foi tudo normal né a médica costurou meu braço(kkjkkk mano ce acredita que enquanto ela costurava meu braço ela começou a contar uma história muito nada haver tipo elas estavam conversando sobre o dia que ela precisou costurar o pinto do cara pq o pinto dele tira ficado agarrado no fecho da calça e eu fiquei tipo ?????? Moça?)
Tomei 2 anestesias local e tomei 10 pontos,tenho foto dos cortes.(Se quiserem ver eu posto) Não deu 10 minutos e chegou minha mãe(baraqueira) meu irmão é minha namorada na época.
Eles queriam tomar o meu celular porque eles achavam que eu estava participando da "baleia azul" kkk.
Ms enfim minha namorada(hoje em dia não falo ms com ela) Cuidou de mim,ela me dava os meus remédios tudo no horário,me dava almoço e janta(Na época minha mãe saía muito pra trabalhar e estudar) Então a minha namorada ficava o tempo todo conversando comigo e cuidando de mim umas 13:00 da tarde eu ia dormir na cama dela,e todo dia a mesma coisa.
O tempo passou e chegou o dia de tirar os pontos tirei e fui pra casa Uns dias depois eu voltei lá pra uma consulta. Até que um dia por pura conhecidencia eu tava conversando com uma médica e ela tava contando que ela salvou a vida de uma menina(Eu era a menina ms ela não sabia)
Ela falou que essa menina tentou se matar e eu ri e disse a menina sou eu e ela ficou muito feliz de me conhecer e com o tempo ela se tornou a minha melhor amiga sabe?ela me ajudou durante um tempo,ela me passou o endereço de um lugar que as pessoas se ajudavam(era um grupo de apoio eu frequento lá até hj)
Messes depois Ana Beatriz me mandou uma mensagem e eu toda besta pedi pra voltar com ela novamente(A cara eu sou muito idiota desculpa)ela aceitou só que ela disse que tinha que me contar uma coisa que talvez me faria mudar de ideia.
Ela estava grávida na hora eu achei que ela estava zoando ms não Ela me mandou foto da barriga aí eu pensei mentira (ela sempre foi gordinha então não dá mesmo pra ver que ela estava grávida kklkk)
Aí ela me mandou foto do cartão de gestante Só ai que a ficha caiu e eu pensei (mano era não era lésbica?) Ms enfim ela me iludiu durante um mês
No dia 29 de dezembro de 2018 ela me pediu ajuda e eu não recusei ajudar lá né
Ela disse que não tinha dinheiro pra fazer a ultrassom do bebê e eu ofereci 100 reais pra ajudar,ela me passou os dados da conta e eu depositei o dinheiro(Eu sei que eu não tinha obrigação nenhuma de ajudar ms eu tenho um coração muito bom)
O golpe. Sim eu depositei o dinheiro e ela ainda tenho me aplicar um golpe ela me mandou uma mensagem dizendo que o dinheiro não tinha caído na conta e eu pedi pra ela me mandar foto do comprovante pra mim ver se realmente não tinha caído e ela se recusou a mandar inventou um monte de histórias e não falou ms cmg.
No dia seguinte Ela me mandou uma mensagem assim "Já faz muito tempo que eu não sinto nada por vc" Essa mensagem me destruiu,minha auto estima ficou mt baixa nesse dia. Chorei ms superei kkkk
Eu xinguei ela e bloquiei. Depois disso eu perdi a confiança em todo mundo.
(Tenho uma outra história que complementa essa ms não deu pra contar aqui se vcs quiserem eu conto depois)
submitted by usernamenaoseihaja1 to TurmaFeira [link] [comments]


2019.02.20 22:13 saci_priest Acredito que meu pai tenha sido desonesto

Hoje é o dia que completa 3 anos do falecimento da minha mãe. Há um mês atras eu descobri umas fotos comprometedoras do meu pai que estavam arquivadas no computador, ele não sabe que eu vi. Foram tiradas mais ou menos no período entre o adoecimento da minha mãe e sua morte, me choca que meu pai nem tenha esperado minha mãe falecer para começar a ver outras pessoas, me questiono também se ele já fazia antes quando minha mãe estava saudável. Como pai ele foi incrível, cuidou de mim e meu irmão, e mais dois filhos que ele teve anteriormente com outra mulher, cuidou ainda da minha prima quando era bebê, ele sempre nos deu tudo e por isso estou um pouco confuso. Cerca de um ano depois da morte da minha mãe ele já nos apresentou uma namorada e para nossa surpresa ela era uma amiga próxima da minha mãe. O namoro deles não deu muito certo e agora já nos apresentou outra mas que dessa vez eu não conheço bem, e hoje justo hoje na missa da minha mãe ele decide que vai levar a nova namorada para a missa, mostrando total falta de empatia comigo e meu irmão. Eu não confrontei meu pai nenhuma vez a respeito das fotos que eu vi, ou então das namoradas que ele apresentou, nem das vezes que ele sumia de casa e voltava 2, 3 dias depois. Mas já não estou confiando tanto nele e nem dando tanta bola pras coisas que ele diz, acho que devo me preparar o quanto antes para começar a viver minha vida e deixá-lo viver a dele.
submitted by saci_priest to desabafos [link] [comments]


2019.01.29 22:38 guizocaa Gostaria de contar pra vocês a história do meu último namoro

Tudo começa em uma sexta em que eu combinei com um amigo da faculdade (ambos formados já) para fazer alguma coisa. Ele me diz que uns amigos dele haviam o chamado para fazer algo também se eu não gostaria de me juntar a eles. Na verdade eu não queria. Estava prestes a inventar uma desculpa pra não ir, mas acabei mudando de ideia por estar entediado em casa.
Chego lá antes e o encontro. Depois chega um outro amigo dele e, mais tarde, duas amigas. São duas irmãs. Ficam dois núcleos de conversa: o primeiro entre mim, meu amigo e a Rafa e o outro entre a irmã dela e a irmã. Eu a achei muito mala, além de que tivemos umas discussões mais incisivas para pessoas que haviam acabado de se conhecer.
Gostei dela.
Depois esse meu amigo me diz que elas gostavam de board games, então combinamos um tempo depois de jogar Catan na casa dele. Também me falou que elas são da igreja dele (Presbiteriana) e também moram no mesmo condomínio. No fim da noite da jogatina tive a oportunidade de pegar o whatsapp dela. A parte mais interessante é que elas tinham que ir embora porque era meia-noite, uma regra dos pais. O mais interessante ainda é que uma tem 31 anos e a outra 30.
Começo a falar com a Rafa e a chamo para sair. Recebo um belo 'não'. Ela diz que prefere ficar solteira e que eu não seria alguém que os pais dela aprovaria (Isso em junho do ano passado).
O ponto é que eu tenho 27 anos e fui criado em uma igreja Presbiteriana Independente, mas havia deixado de frequentar há muito tempo por algumas razões, sendo a principal dela a pouca fé (ou alguma fé).
Ao invés de seguir o jogo, ela demonstrou interesse na minha amizade e continuávamos nos falando constantemente. Ficamos bastante amigos.
Outro ponto relevante de levantar é que sou uma pessoa desleixada e preguiçosa e estava em um período ocioso, além de fora de forma. Apesar de formado em direito, eu nunca fui exercer porque no fim do curso eu já odiava e trabalhava na empresa do meu pai e do meu irmão de semijoias que ainda era nova (ainda é, mas crescemos bem).
Meu interesse por ela me incentivou a levar as coisas mais a sério. Voltei a treinar jiu jitsu, boxe e tomar um rumo da vida de vez. E fui crescendo enquanto ela foi se interessando mais por mim aos poucos. Mas a gente 'brigava' porque eu sempre queria mais que amizade e ela batia na tecla de ser solteira e dos pais e, quanto mais o tempo passava, mais os pais que eram citados mesmo. Já teve várias complicações no passado por namorados desaprovados.
Esse meu amigo vivia me chamando pra voltar pra igreja e acabei aceitando, sendo que ela também foi um incentivo. Acabei me dando bem por lá e isso me deixou feliz.
Teve o aniversário dela no fim de agosto e depois fomos para minha casa passar um tempo com uns amigos juntos. Entreguei o presente dela e foi a situação perfeita para o primeiro beijo nosso, mas acabou não rolando.
Na semana seguinte, combinei com o outro amigo que também conheci naquela sexta para ir ao culto de jovens no sábado. Duas horas antes ele disse que não podia ir. Comentei com ela que iria sozinho e ela acabou dizendo que ia comigo. Depois fomos comer comida japonesa (ela ama) e ali nos beijamos pela primeira vez .
Mas é claro que ainda tinha um problema: os pais. Na verdade, quando eu digo pais significa a mãe. O pai dela é meio indiferente, pois ele se importa mais em não ser incomodado. Aliás, ele é um pastor pentecostal. A mãe frequenta a Universal, é uma pessoa extremamente desequilibrada (óbvio que partindo de mim é uma posição bastante enviesada). Ultra controladora e briguenta. Os pontos que a Rafa citava que faria a mãe ser contra: eu não ter maturidade espiritual, a diferença de idade e a questão profissional, considerando que eu ainda estava retomando meu rumo.
Combinamos em uma segunda de eu ir jantar na casa dela e fui apresentado como um amigo que estava querendo a conhecer (mancada nossa ter mentido) e ela percebeu que já éramos mais que amigos, então as duas brigaram depois que fui embora (ainda dei um chocolate para a mulher).
Nós discutimos a situação e decidimos que tentaríamos ficar juntos. No domingo dia 23 de setembro, eu finalmente a pedi em namoro. Até comprei uma bonita aliança.
Como a mãe era contra, para fazer a Rafaela terminar comigo ela a proibiu de usar a máquina de lavar roupa da casa e as panelas, forçando-a a lavar nas mãos suas roupas e ter que se virar pra fazer comida.
Isso me fez pensar em terminar com ela, porque não queria que ela passasse por isso por minha causa. No sábado seguinte nós fomos ao shopping e depois comer comida japonesa no mesmo lugar.
Naquela semana, recebo mensagem no whatsapp do Pastor Joézer, que era da igreja em que eu fui criado. Óbvio que fiquei surpreso, mas sabia de alguma forma que a mãe tinha algo a ver com isso. Ele pergunta se pode me ligar, o que me estranhar mais ainda. Pois bem, ela achou o número dele e começou a falar de mim e que era contra o namoro, gritava no telefone. Não sei ao certo que ela queria com isso, se esperava descobrir algo ruim sobre mim. Ele só falou bem de mim e avisou que o comportamento dela era de alguém com uma patologia mesmo. Era uma pessoa doente.
No domingo, chamei-a para almoçar com minha família e ela aceitou. Chegando na escola dominical de manhã, ela me mandou uma mensagem dizendo que não ia poder ir mais. Sim, ela terminou comigo naquele dia. A pressão da mãe funcionou (ela ameaçou contar para os pastores da igreja coisas sobre os namoros passados dela).
Nunca senti tanto ódio na minha vida quanto eu senti por essa mulher. Duas semanas depois, por sentir muita falta um do outro, decidimos nos encontrar. Passamos uma tarde juntos e eu tinha um casamento de um amigo que não deu pra ela ir (ela é engenheira civil e dá aula à noite). Nós discutimos se voltaríamos ou não o namoro. Naquele sábado, combinamos de jogar Catan na casa daquele meu primeiro amigo e tenho a péssima ideia de nos encontrarmos uma hora antes pra passarmos um tempo juntos. Eu a encontro em uma rua perpendicular à rua do meu amigo que tem uma mesa e banquinho. Ela está muito tensa porque percebeu que a mãe suspeita de algo. Nós discutimos mas logo nos entendemos. Tempo depois, surge o carro da irmã na rua e a mãe no banco de passageiro. Ficamos nos encarando por segundos que pareciam horas. Ela manda a Rafa entrar no carro e começa a discutir comigo, dizendo que eu tornei a filha dela uma pessoa rebelde, que ela era obediente e que foi o diabo que me colocou na vida da filha dela. Logo gritava "PRESBITERIANO INDEPENDENTE NÃO ENTRA NA MINHA CASA! PRESBITERIANO INDEPENDENTE NÃO ENTRA NA MINHA CASA!" (já entro no ponto do motivo).
Depois daquele dia (foi um sábado acho que 13 de outubro), ela foi proibida de falar comigo ou seria expulsa de casa. No dia seguinte, a mãe tomou o celular dela e só devolveu na segunda porque ela usa pra trabalho.
Depois disso, foram tempos estranhos. Principalmente por frequentarmos a mesma igreja, termos os mesmos amigos lá e moramos 7min um do outro. E a irmã dela fica de olho se ela não fala comigo, além de me odiar por causas das brigas que aconteceram na casa em função do nosso namoro.
É uma situação muito estranha, ainda mais porque eu amava ela (ainda amo).
Existem muitas situações e detalhes que deixei de fora por questão de exposição e que este texto já ficou muito grande.
Ah, sobre os presbiterianos independente. Há uns 30 anos, o marido dela era pastor de uma presbiteriana independente. Ele passou para uma linha mais pentecostal e começou a pregar por lá questões que saiam da doutrina presbiteriana e isso dividiu a igreja. Inevitavelmente, ele foi convidado a se retirar. O ponto é que ele vivia na casa pastoral e, como não era mais pastor, teve que se retirar de lá também, mesmo tendo duas filhas pequenas (a rafa tinha um pouco mais de um ano e a outra era bebê). Isso criou um trauma neles que nunca se recuperaram. E onde que eu entro nessa história? Bom, havia várias pessoas da família do meu pai que frequentavam aquela igreja, sendo que um tio do meu pai era presbítero (pra quem não sabe, pense no presbítero como o poder legislativo da igreja e que o pai da rafa sofreu um impeachmeant). Esse tio é um baita traste, por sinal. Eu imagino o impacto que teve pra mãe da Rafa quando soube meu sobrenome.
Outro ponto que odeio é o fato de que ainda tinha que ouvir a música "dona Maria deixa eu namorar a sua filha..." (sim, a mãe tem Maria no primeiro nome).
Bom, quem sabe no dia em que ela se mudar. Por ora, não fazemos parte da vida um do outro. Ela sempre fica tensa quando me encontra por medo da irmã achar que está rolando algo. Domingo passado mesmo ela me cumprimentou e correu. É bem ruim achar que encontrou a pessoa que vai querer passar sua vida junto e esse tipo de coisa acontecer.
O certo era eu revisar esse texto mas cansei já.
Respondo (quase) qualquer pergunta sobre isso.
submitted by guizocaa to brasil [link] [comments]


Lambasaia - Mulher Psicopata (Clipe Oficial) - YouTube QUERO FAZER UM BEBÊ, TROLEI MEU NAMORADO (ELE ACEITOU ... Jovem é assassinada após namoro secreto com o sogro - YouTube MULHER FAZ SEXO COM FILHO E IRMÃO AO MESMO TEMPO - YouTube Países com mulheres SOLTEIRAS por falta de homem - YouTube Bárbara Dias - 9 Meses (Oração do Bebê) - YouTube MINHA NAMORADA VAI TER UM BEBE - YouTube Minecraft: WHO'S YOUR FAMILY?! - BEBÊ BATMAN BEIJOU A MULHER MARAVILHA! Mulher procura Namoro e Casamento São Paulo - YouTube NAMORANDO UMA MULHER GORDA - YouTube

Mãe de quatro filhos “farta” do casamento de 14 anos ...

  1. Lambasaia - Mulher Psicopata (Clipe Oficial) - YouTube
  2. QUERO FAZER UM BEBÊ, TROLEI MEU NAMORADO (ELE ACEITOU ...
  3. Jovem é assassinada após namoro secreto com o sogro - YouTube
  4. MULHER FAZ SEXO COM FILHO E IRMÃO AO MESMO TEMPO - YouTube
  5. Países com mulheres SOLTEIRAS por falta de homem - YouTube
  6. Bárbara Dias - 9 Meses (Oração do Bebê) - YouTube
  7. MINHA NAMORADA VAI TER UM BEBE - YouTube
  8. Minecraft: WHO'S YOUR FAMILY?! - BEBÊ BATMAN BEIJOU A MULHER MARAVILHA!
  9. Mulher procura Namoro e Casamento São Paulo - YouTube
  10. NAMORANDO UMA MULHER GORDA - YouTube

Conecte-se com Lambasaia : Instagram: @lambasaia Facebook: https://m.facebook.com/BandaLambasaia/?locale2=pt_BR Direção: Rafael Moura Direção Musical: ... OUÇA JÁ AS MÚSICAS NOVAS DO HOJE VAI TER SOM: https://www.youtube.com/watch?v=DUMSTCq3x0U Assista também a versão em Inglês para o Dia das Mães https://www.y... INSCREVA-SE NO CANAL Grávida - Namorada ☆ VIDA de JOGAR de FUTEBOL ☆ VEJA https://youtu.be/C9Ovv_CPRrM ☆ MINHA NAMORADA ME TRAIU: https://youtu.be/... ★★★★★ LOJA http://loja.descealetra.com.br FANPAGE http://facebook.com/descealetra GIRO DE QUINTA http://www.girodequinta.com.br TWITTER http://twitte... Provavelmente você deve perceber que a quantidade de homens comparado para as mulheres, não é tão diferente assim né? E obviamente, isso prejudica um pouco p... Minecraft: WHO'S YOUR FAMILY - BEBÊ BEN10 TRAIU A GWEN COM A SUPERGIRL (Ben10 / SuperGirl) - Duration: 10:47. Rafaelll13 56,435 views DEIXEM SEU LIKE E INSCREVAM-SE, TEMOS VÍDEOS NOVOS TODA SEMANA. 🎬 INSTAGRAM DA NOSSA LOJA: 🛒 https://instagram.com/jl.outlett?utm_source=ig_profile_share&igs... Osmar, 50 anos, matou com golpes de faca a ex-namorada do filho dele, de 19 anos. Os dois se apaixonaram e tiveram um caso durante um ano e meio, mas ele não... Entre em contato por: [email protected] Adquira o Batom Jéssica Lopes para Tblogs: https://www.tblogsshop.com.br/batom-jessica-lopes-matte.html Br... Apresentação da nossa Assinante Vânia de São Paulo da Agência Anjo Meu. Seja também nossa Assinante Site para cadastro: www.anjomeu.com.br Whatsapp dúvidas: ...